Rejeitado pelos pais, jovem gay expulso de casa consegue bolsa de estudos e R$ 400 mil

Seth Owen é um jovem gay de 18 anos, natural de Jacksonville, na Flórida, Estados Unidos, que foi morar nas ruas depois de ter sido expulso de casa pelos próprios pais, após eles descobrirem sua homossexualidade.

Ao site News4Jax, o jovem contou que seus pais chegaram a insistir para que ele se submetesse a sessões de terapia de reversão sexual na igreja que eles frequentam, método popularmente conhecido como “cura gay”. “Eles ficavam insistindo que eu deveria me tornar heterossexual até chegar um ultimato, dizendo: ou vai fazer cura gay ou sai de casa”, revelou ele.

Quando o adolescente começou a perder a esperança, sua professora de biologia e mentora no ensino médio descobriu sobre sua situação, se reuniu com outros professores e alunos para descobrir uma maneira de ajudá-lo. A solução foi criar uma página em um site para arrecadar o dinheiro para a mensasidade de Owen.

A “vaquinha” virtual foi um verdadeiro sucesso, conseguindo arrecadar 141 mil dólares, o equivalente a 400 mil reais. Ainda, Seth Owen ganhou uma bolsa de estudos de cem por cento na Universidade de Georgetown. Com o dinheiro doado, ele pretende fazer uma boa ação social e ajudar outros jovens que estão vivenciando a mesma situação pela qual ele passou. “No momento, estou estudando maneiras de chegar em estudantes LGBT para destinar este montante [arrecadado na campanha]. É a minha maneira de agradecer a todos e a Georgetown [pela bolsa]”, afirmou ele à reportagem.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!