BBB19: Paula afirma que comportamento de certos gays justificam homofobia

Mais uma polêmica envolvendo a participante Paula von Sperling Viana aconteceu nesta semana na casa do Big Brother Brasil. Na ocasião, a sister afirmou que o comportamento de alguns gays justificariam o ataque homofóbico.

Conversando com outros brothers, a sister ouviu o relato de Gabriela que presenciou a agressão de duas mulheres que estavam de mãos dadas. “Fizeram isso com meninas?”, questionou Paula. “Porque tem uns gays que eles ficam querendo provocar o público. Começa a se beijar, se jogar. Eu já vi isso, acho muito exagero, muito estranho. São coisas que nem gente que é homem e mulher faz”, acrescentou.

Gabi e Alan rebateram a fala de Paula explicando que isso não é relacionado a sexualidade das pessoas, mas na verdade, com a personalidade. “Isso não é questão de ser gay. A gora eu ter que soltar a mão da minha namorada na rua com medo de apanhar. Isso dói demais”, contou a musicista. “Tá louco, nem imagino isso, disse Paula. “Não imagina mesmo”, rebateu Gabi.

Após uma enxurrada de críticas nas redes sociais, o perfil oficial da sister no Instagram compartilhou uma foto dela com Gabriela e disse que Paula só expõe o que pensa. “NOTA OFICIAL: Opinião é diferente de preconceito! A Paulinha expõe o que pensa e algumas pessoas, infelizmente, tem a maldade de deturpar o que foi dito. Referente a uma conversa entre ela, Alan e Gabi, Paulinha expôs sua opinião e ouviu os argumentos de Gabriela e Alan atentamente. Afinal, ela respeita e quer aprender mais sobre o que os outros tem a dizer. Paulinha é adepta a todas as formas de amar! Mais amor!”.

Vendo que sua familiar foi arrastada para essa confusão, o perfil de Gabriela comentou a publicação condenando as falas de Paula. “‘Opinião é diferente de preconceito’. Sabia, ADM, que em razão dessa opinião, muitos dos nossos apanham e morrem diariamente. E opinião é diferente de preconceito. O que não é diferente, é uma opinião quem tem fundamento em um preconceito, e que automaticamente se transforma em uma opinião preconceituosa”.

O perfil de Gabi pede também para que eles não utilizem mais imagens da sister em suas publicações. “E por gentileza, não usem a imagem da Ga como manchete para dizer que opinião preconceituosa é diferente de preconceito. Isso é um desserviço à nossa luta! Vamos dialogar, os espaços estão abertos, as informações estão aí. Ao menos expressem isso em um comunicado oficial, e abram espaço para esse diálogo. Considerem também o diálogo com a representante de vocês porque tem opinião que mata interiormente e fisicamente. É muito importante essa conscientização”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!