Em MG, pai espanca filho de 3 anos que brincou com batom: “Na minha família não tem viado”

Um homem, de 41 anos, foi detido na noite de segunda-feira (08/04), em Uberaba, após agredir o filho, de três anos de idade, com chineladas nas costas. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar (PM) como lesão corporal.

Conforme informações que constam no registro da PM, a mãe da criança, de 29 anos, contou que é separada e, como de costume, o menino foi passar o fim de semana na casa do pai. A criança foi acompanhada da outra filha dela, de 13 anos. Segundo a mãe, enquanto ela estava no trabalho, a filha mandou por celular uma foto das costas do menino mostrando as marcas causadas pelo pai dele. Ao buscar os filhos na casa do ex-companheiro, a jovem disse a ele que iria chamar a PM. Ao chegar na casa dela, ela recebeu por celular ameaças do ex.

De acordo com o relato da adolescente de 13 anos, o irmão dela estava brincando com um batom e sujou o rosto. Nesse momento, segundo ela, o pai dele viu e disse: “Na minha família não tem viado”. Em seguida, ele deu chineladas nas costas do menino, causando lesões. Após ser acionada, a PM localizou o suspeito na casa dele. Ao ser detido, o homem alegou que não gostou de ver o filho brincando com batom e que por bateu nele com o chinelo chineladas, mas sem a intenção de machucar. Ele também disse que tinha consumido bebida alcoólica.

Segundo o G1, O homem foi conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil. Segundo a assessoria da Polícia Civil, ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos, se comprometendo a comparecer à Justiça quando solicitado. Já o menino foi encaminhado ao Hospital da Criança, onde passou por atendimento.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!