Diego Hypólito revela que chegou a tentar suicídio: “Eu estava muito perdido”

Entrevistado da revista Quem nesta quinta (16/05), Diego Hypólito revelou alguns detalhes de tempos difíceis na sua profissional e pessoal, incluindo algumas tentativas de suicídio.

“Foram remédios e janela também, de tentar pular”, contou. “Isso são coisas muito pesadas, eu sei. Mas são coisas que muitas pessoas passam e depois não sabem como lidar com isso”. o ginasta conta chegou a ser internado em uma clínica psiquiátrica em 2014, após procurar ajuda profissional.

“Não sei nem por quanto tempo”, afirmou a Bruno Chateaubriand, um de seus melhores amigos, e que o entrevistou alguns minutos antes para o programa Tricotando. “Eu não tinha muita noção das coisas que estava fazendo na época, estava muito perdido. E é engraçado que pouco tempo depois fui medalhista mundial e minha vida teve uma reviravolta depois disso”, contou.

Para o ginasta, uma série de problemas que teve foram o que o levaram a ter diversos problemas psicológicos, pontuando suas duas quedas olímpicas, sua demissão do Flamengo, ter que morar sozinho durante um ano em São Paulo e um relacionamento que mexeu muito com sua auto-estima. “Eu me sentia muito feio e quando [o namoro] terminou, achei que nunca mais ia conseguir ninguém porque era feio demais”, contou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!