Consulado dos EUA nega visto para filhos de Glenn visitarem a avó com câncer em estado terminal

O consulado dos Estados Unidos no Brasil negou visto para que os dois filhos do jornalista Glenn Greenwald e do deputado federal David Miranda (PSOL) visitassem a avó, que mora em Miami e está com câncer em estado terminal.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, os documentos foram levados ao consulado na última segunda-feira (22/07), quando recebeu um documento dizendo que o visto foi aprovado e que ele poderia voltar às 14 horas para buscar os passaportes. No entanto, ao buscar os documentos, o parlamentar foi informado de que seriam necessárias informações adicionais para a aprovação do visto. E que não havia mais data para que eles fossem entregues.

“Provavelmente houve uma ordem de cima para que isso ocorresse. É uma crueldade com as crianças e com a mãe do Glenn”, disse David. Uma das novas perguntas feitas pelo consulado foi: em que os garotos trabalharam nos últimos 15 anos. Detalhe: eles têm 12 e 8 anos. Vale lembrar que em março, Jair Bolsonaro dispensou a necessidade de visto para estadunidenses entrarem no Brasil.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!