Padre desvia R$ 400 mil de paróquia para gastar com homens e conta premium no Grindr

Joseph McLoone, um padre católico da Pensilvânia, vem sendo acusado de roubar mais de 90 mil dólares de sua igreja para pagar por uma luxuosa casa de praia, namorados e até mesmo uma conta premium do Grindr.

Segundo o portal de notícias Queerty, o padre de 58 anos vinha sendo investigado por detetives do condado de Chester há mais de um ano. Ele estava na igreja desde 2010, e a Arquidiocese de Filadélfia conduziu uma investigação interna sobre McLoone em 2017. De acordo com investigadores, Joseph abriu uma conta bancária secreta em 2011 e desviou doações paroquiais para essa conta além de outros fundos da igreja.

Joseph usava o dinheiro roubado para usufruir de jantares caros, viagens, uma casa de praia localizada em Ocean City, Nova Jersey, compras online e uma conta premium no Grindr. Dá para acreditar na cara de pau?! Questionado pela Arquidiocese de Filadélfia, o padre admitiu que utilizava o dinheiro pagar por “relacionamentos pessoais”.

De licença administrativa, Joseph agora enfrenta 18 acusações, incluindo roubo e outros crimes. Preso pelos crimes, Joseph McLoone está sob fiança de 50 mil dólares.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!