Morre, aos 62 anos, Patricio Bisso, pioneiro na arte drag no Brasil

Morreu na segunda-feira (14/10), aos 62 anos, o ator e performer argentino Patricio Bisso, vítima de um enfarte fulminante, em Buenos Aires. A informação da morte foi confirmada pela sobrinha Paula Camila em suas redes sociais.

Radicado no Brasil desde seus 17 anos, fez muito sucesso na década de 1980, principalmente quando interpretou a sexóloga russa Olga del Volga, na novela “Um Sonho a Mais”, exibida em 1984 pela TV Globo, e que esteve em alguns programas de TV, como o Programa da Hebe. No mercado editorial, fez ilustrações para o jornal Folha de S.Paulo e para a Vejinha. Como figurinista, esteve por trás do longa O Beijo da Mulher Aranha (1985), no qual também atuou.

Já na música, em 1987, chegou a lançar um disco, do show “Louca Pelo Saxofone”, com o grupo Os Bokomokos e participações de Rita Lee e Wanderléa. O álbum foi relançado ano passado, pelo selo Discobertas.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!