Vereador de Curuçá, no Pará, diz que Parada LGBTQ+ deveria ser proibida: “Fim do mundo”

Daniel Rabelo Silva (MDB), vereador de Curuçá, localizada no nordeste do Pará, fez declaração polêmica nas redes sociais sobre a Parada LGBTQ+ realizada na região, no último domingo (08/12). “É o fim do mundo! A imoralidade deles deveria ficar entre quatro paredes”, afirmou o vereador em rede social.

Internautas desaprovaram a publicação de Daniel Silva e consideraram de cunho homofóbico, gerando diversas denúncias e sendo tirada do ar. Em seguida, o vereador publicou um vídeo na mesma rede social. Na gravação, o vereador diz que apenas manifestou sua opinião. “É direito meu também”, e seguiu com declarações polêmicas. “É absurdo apagarem a postagem de uma pessoa que está ali se manifestando de forma passiva. Eu tenho muitos amigos viados, mas que são viados de verdade, não são vândalos que querem ‘aparecer'”.

A 2ª edição da Parada LGBTI de Curuçá teve como tema as “Reflexões do orgulho – 50 anos de luta” e contou com apresentação musical de artistas e drags da comunidade. O evento foi promovido com o apoio da Secretaria de Cultura do Pará (Secult).

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!