Homem se joga de navio durante “maior cruzeiro gay do mundo”

A Guarda Costeira dos EUA recuperou o corpo de um homem não identificado, de 46 anos, que morreu depois de pular de um navio da Royal Caribbean, que estava atracado em Porto Rico, na última quarta-feira (22/01).

Imagens mostram o corpo do rapaz, que morava em Naples, no Estado norte-americano da Flórida, caindo do Oasis of the Seas. A organização especializada em passeios para homossexuais, Atlantis Events, definia o cruzeiro como o “maior cruzeiro gay do mundo”.

De acordo com a NBC News, o caso chegou à guarda-costeira às 19h50 de quarta. Assim que perceberam o desaparecimento do rapaz, um alarme soou e mandou os passageiros ficarem no local estabelecido para casos de emergência. Equipes de mergulho da polícia da capital porto-riquenha, San Juan, foram ao mar e recuperaram o corpo horas depois.

Em comunicado, a Royal Caribbean afirmou que está ajudando as autoridades na investigação. “As imagens de segurança indicam que o homem se jogou no mar intencionalmente. Nossos corações se voltam para sua família e entes queridos durante esse período difícil”, comunicou a empresa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!