Restaurante é acusado de homofobia ao fazer promoção e excluir casais gays

Uma promoção de um restaurante de comida japonesa em Santos, no litoral de São Paulo, causou grande polêmica e indignação nas redes sociais na última quarta-feira (29/01). A confusão começou após o restaurante anunciar uma promoção de rodízio para casais formados por homem e mulher, excluindo casais gays.

“Tem promo para o casal! (homem + mulher) a noite toda” (sic), diz um trecho do texto publicado no perfil oficial do restaurante Litora 013 no Instagram. “Quando vi a descrição, liguei no restaurante para confirmar, e perguntei a um responsável se um casal homossexual poderia entrar na promoção. Ele confirmou que não. Pagaríamos o valor cheio, cada um, se quiséssemos comer lá. Eu argumentei, disse que existem outros tipos de casais, que não existe só hétero no mundo. Ele me disse que dois homens formavam uma dupla, não um casal”, contou o cabeleireiro Bruno Possidonio, de 30 anos, em entrevista ao G1.

O cabeleireiro contou, inclusive, que procurou a mesma promoção em outros restaurantes do mesmo segmento na região, para averiguar se era algo recorrente. “Não encontrei nada, nenhum outro lugar especifica casal desta forma. Eles são preconceituosos, sim. Isso é homofobia”, diz. “Não querem que pessoas gays frequentem o estabelecimento deles”.

Em nota, pediram desculpas pelo “mal entendido” e que medidas serão tomadas para nunca mais se repetirem no erro. “Discriminar o casal nunca foi nossa intenção. A promoção foi feita com valores distintos entre homens e mulheres por conta do consumo de cada parte. Comercialmente, conforme os históricos da casa, em festivais japoneses o homem geralmente consome mais alimento do que as mulheres, por isso o valor é diferenciado. Portanto, quando colocamos um valor por duas pessoas (um homem e uma mulher), o consumo de um acaba sendo compensado pelo do outro”, argumentou o restaurante.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!