Repórter da Globo que socorreu idoso em temporal é vítima de homofobia

O jornalista Rômulo D’Ávila, que viralizou após interromper uma transmissão que fazia ao vivo para o telejornal “Hora 1”, da Globo, para ajudar a socorrer um idoso que estava ilhado no alagamento de São Paulo, foi vítima de homofobia nas redes sociais.

Em um comentário no Instagram, o usuário Júlio Bueno, que se identifica como fã de Jair Bolsonaro, falou que o repórter “dava muita pinta” em seu trabalho. “Você dá muita pinta na TV cara, você é MUUUUITO GAY, espero que você já saiba disso rsrsrs. Os trejeitos e a voz não enganam pô”, escreveu o homofóbico.

Rômulo, é claro, não deixou a provocação passar em branco: “Pessoa pobre de espírito! Dá pena! Ainda bem que homofobia é crime, e já estou agilizando tudo. E vem aqui, no meu insta, me chamar de gay? Logo eu, viado de nascimento! Hahahaha. Achou que ia descobrir a América. Meu amor…”, respondeu.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!