Drag queen carioca ensina como fazer máscara de proteção caseira

Um serviço para todo o mundo!

Com muito bom humor e carisma a drag queen Melina Bley, hostess do bar-balada carioca ‘Pink Flamingo’, ensina como fazer uma máscara de pano caseira.

Em um vídeo postado nesta terça-feira, dia 07/04, a artista mostra como transformar uma camisa em uma máscara, para se proteger contra o novo coronavírus. “É só acompanhar o vídeo, que no passo a passo eu vou ensinar ‘tudinho’ pra vocês”, explica.

No tutorial, que está hospedado no IGTV do ‘Pink Flamingo’, a drag queen utiliza somente uma camiseta velha, uma tesoura, viés, linha e agulha. Belíssima, como sempre, Melina confecciona uma máscara de maneira rápida e fácil.

Embora demonstre muita prática e destreza com uma máquina de costura, Bley dá dicas de como fazer uma máscara com uma pitada de criatividade, “se você não tiver (a máquina de costura), você pode costurar a mão. Se você não tiver nada disso, você usa um grampeador mesmo”, afinal de contas, o importante é se manter protegido.

É bom lembrar que a OMS e o Ministério da Saúde recomendam o uso de máscaras de pano, como a que Melina ensina a fazer, para uso comunitário. Desta forma, as máscaras médicas, que estão em falta no mercado, poderiam ser ‘poupadas’ para os profissionais da saúde, principalmente os que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

Seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, Bley usa duas camadas de tecido – mínimo recomendado – e faz um tipo de máscara que é facilmente adaptável a qualquer tamanho de cabeça, podendo então ser usada por crianças e adultos.

“Você pode usar qualquer coisa que seja uma cordinha, ou até o resto do tecido mesmo, pra prender a máscara. Eu vou fazer uma máscara que você consegue prendê-la em qualquer tamanho de cabeça.”

Melina demorou cerca de 15 minutos para confeccionar a máscara toda, “demorei mais me maquiando”, brinca a artista. Um ótimo exemplo de que com um bocado de criatividade e boa vontade, a gente consegue se manter protegido, “é uma máscara que você pode fazer da forma que você quiser e na segurança da sua casa.”

“Vamos lá, todos juntos contra o coronavírus!”, finaliza a hostess.

Ver essa foto no Instagram

Nossa hostess @Melina_Bley ensina a fazer uma máscara de proteção com tecido caseiro! Proteja-se, para que logo logo possamos estar juntos novamente! 💖🏳️‍🌈 #fiqueemcasa #stayhome #yomequedoencasa Veja as orientações do Ministério da Saúde para produção de máscaras de proteção caseiras: • Em primeiro lugar, é preciso dizer que a máscara é individual. Não pode ser dividida com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa etc. Então se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras; • A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano; • Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja, dupla face; • Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto; • Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar; • Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária. Deixe de molho por cerca de dez minutos; • Para cumprir essa missão de proteção contra o coronavírus, serve qualquer pedaço de tecido, vale desmanchar aquela camisa velha, calça antiga, cueca, cortina, o que for.

Uma publicação compartilhada por Pink Flamingo (@pinkflamingorio) em

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto