UNAIDS pede repeito aos direitos humanos da população LGBT+ nos países da América Latina

O UNAIDS emitiu uma nota oficial pedindo que os governos latino-americanos respeitem os direitos humanos das identidades trans e todas as expressões de gênero em meio à pandemia.

De acordo com a nota, a maior parte da população LGBT+ nos países da América Latina está em situação de grande vulnerabilidade, principalmente as pessoas com o sistema imunológico comprometido, incluindo algumas pessoas vivendo com HIV e AIDS.

O UNAIDS pede para que os governos que adotaram medidas de quarentena baseadas em questões de gênero garantam a proteção das pessoas trans e da diversidade de gênero, e que incluam instruções apropriadas, com enfoque nos direitos humanos LGBT+, aos agentes governamentais.

A nota oficial também pede para que os países da América Latina e do Caribe que garantam o acesso de todas as pessoas a serviços sociais essenciais, principalmente aos serviços de saúde, seguindo sempre o princípio da não discriminação de gênero ou orientação sexual, de acordo com os padrões internacionais de direitos humanos.

Negar acesso a serviços de saúde, por discriminação e preconceito, não só fere os direitos humanos daquela pessoa, como também põe em risco a saúde de muitas outras pessoas e prejudica uma parte ainda maior da população.

“O HIV nos ensinou que violência, assédio e discriminação servem apenas para marginalizar ainda mais as pessoas mais vulneráveis. Além disso, tendo em conta a desigualdade na América Latina e no Caribe, essa realidade pode ser ainda mais difícil. Todas as pessoas, independentemente da orientação sexual, identidade ou expressão de gênero, têm direito à saúde, segurança e proteção, sem exceção. O respeito e a dignidade são necessários agora mais do que nunca”, declarou César Nuñez, diretor regional do UNAIDS para a América Latina e o Caribe.

Para ter acesso à declaração oficial completa, basta clicar aqui.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto