Daniel Radcliffe responde aos tweets transfóbicos de J.K. Rowling: “Mulheres trans são mulheres”

O ator Daniel Radcliffe, interprete de Harry Potter, publicou um texto nesta segunda-feira (08/06) em resposta a comentários transfóbicos feitos pela escritora J. K. Rowling em relação a mulheres transgênero.

“Mulheres trans são mulheres”, escreveu Radcliffe através do site Trevor Project, que se dedicada à intervenção de crise e à prevenção de suicídios para pessoas da comunidade LGBTQ+ “Qualquer declaração ao contrário apaga a identidade e a dignidade de pessoas transgênero e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência no assunto que Jo ou eu”.

“78% dos jovens transgênero e não-binários relatam que foram alvo de discriminação por causa de sua identidade de gênero. Está claro que precisamos fazer mais para apoiar as pessoas transgênero e não-binárias, não invalidar suas identidades, e não causar maior dano”, continuou o ator.

Daniel Radcliffe e J.K. Rowling

Radcliffe pediu desculpas aos fãs que se sentiram atacados pelos comentários de Rowling e disse torcer para que isso não comprometa o envolvimento deles com a saga Harry Potter. “Se você encontrou algo nessas histórias que ressoou em você e o ajudou em algum momento da sua vida, isso é entre você e o livro. Isso é sagrado. Na minha opinião, ninguém pode interferir nisso. O livro significa o que signifca para você e espero que esses comentários não manchem muito isso”.

Rowling foi acusada de ser transfóbica na semana passada, quando questionou uma manchete que se referia a “pessoas que menstruam”, tuitando: “Tenho certeza de que costumava haver uma palavra para essas pessoas. Alguém me ajuda. Wumben? Wimpund? Woomud?”. Ela negou veementemente a acusação e escreveu que apoia pessoas trans, mas queria destacar que “o sexo é real e tem consequências”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!