MG: Homem gay é indenizado em R$ 5 mil após ser ameaçado de morte e xingado de “bicha louca”

Foto: iStock

Um homem gay será indenizado em R$ 5 mil após ser agredido física e verbalmente por uma mulher e seu filho na cidade de Carmo do Rio Claro, em Minas Gerais.

Segundo informações do UOL, o homem, que não teve a identidade revelada, caminhava por uma praça com seu cunhado quando um dos agressores o surpreendeu com socos e empurrões. De acordo com a publicação, a vítima ainda foi xingada de “bicha louca” e “bicha velha”. Já no caminho de volta para casa, a vítima foi surpreendida pela mãe do agressor, que agarrou sua camiseta e o ameaçou de morte. Ela só parou quando o cunhado interveio. Por conta das ameaças e medo de morrer, a vítima precisou se mudar de Carmo do Rio Claro, no Sul de Minas, para Belo Horizonte.

Ele entrou com ação na Justiça, que determinou indenização de R$ 5 mil. Ele considerou o valor da reparação insuficiente, pedindo que o valor fosse aumentado para R$ 10 mil, no entanto teve o pedido negado, recebendo o valor inicial. Mesmo com testemunhas confirmando a versão da vítima, os agressores negam as agressões físicas, alegando que se tratava de desentendimentos familiares.

Os agressores também garantem sofrer de sérios transtornos depressivos. A mãe alega ser portadora de “transtorno fóbico-ansioso não especificado” e “transtorno afetivo bipolar”, e o filho afirma ser portador de “transtorno depressivo” e “transtorno de ansiedade generalizada”. Ambos apresentaram relatórios médicos e receitas de medicamentos no tribunal.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!