Rio de Janeiro ganhará Centro de Referência contra o preconceito

O Rio de Janeiro ganhará um Centro de Referência contra qualquer tipo de preconceito, que será instalado na Lapa! O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira (11/09), durante cerimônia no Palácio da Cidade em comemoração pelos 18 anos da Lei de Combate à Discriminação LGBT no município, comemorados no dia 12 de setembro. Quem está à frente do projeto é a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro.

riooo

“A proposta é ser um centro onde o cidadão que eventualmente tenha sua cidadania violada por qualquer tipo de preconceito possa ser imediatamente assistido. O diferencial será a presença de representantes de seis secretarias do município para que o cidadão seja imediatamente atendido pela secretaria devida, encurtando assim os trâmites burocráticos”, anuncia Carlos Tufvesson, coordenador especial da Diversidade Sexual. “Este não será um centro apenas da CEDS-Rio. Sua arquitetura foi pensada para ser um espaço multifuncional, teremos uma programação de palestras, exposições e debates sempre com os temas ligados à cidadania e aos direitos humanos”, reforça Tufvesson. O Centro de Referência ainda não tem data prevista para inauguração, mas as obras deve começas em breve.

PheenoTV: confira o projeto do Centro de Referência Rio Sem Preconceito…

Na cerimônia, além da presença de Tufvesson, estiveram presentes ainda o prefeito Eduardo Paes, a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Ana Rocha e a subsecretária de Inclusão Produtiva da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Jurema Batista.

1276926_680485725353485_915117800418379667_o

A Lei Municipal 2475/96, pioneira no Brasil como uma legislação que defende direitos da população LGBT, pune administrativamente estabelecimentos comerciais, industriais e os servidores públicos municipais que discriminarem pessoas por conta de sua orientação sexual e identidade de gênero.

A visibilidade da lei em toda a cidade do Rio de Janeiro faz parte de uma das metas do programa Rio Sem Preconceito. “Se tem um lugar que sintetiza o Brasil e o que o brasileiro pensa, esse lugar é o Rio de Janeiro”, discursou o prefeito Eduardo Paes. “Nossa cidade vai continuar sendo de vanguarda no país quando for discutido o combate ao preconceito”, completou.

“A impunidade é a maior aliada desse crescimento que temos observado nos atos de discriminação. É fundamental para o pleno exercício da cidadania o conhecimento de seus direitos civis e, em casos de violação, da denúncia. Sem ela, o poder público não pode agir”, reforça Carlos Tufvesson

7 - Centro de Referencia Rio Sem Preconceito 05
5 - Centro de Referencia Rio Sem Preconceito 03
4 - Centro de Referencia Rio Sem Preconceito 02
3 - Centro de Referencia Rio Sem Preconceito 01

Thiago Araujo é editor-chefe e criador do Pheeno! Referência no cenário pop LGBTQIA+ nacional, o carioca de 30 anos é jornalista e empresário do ramo do entretenimento, além de agitar as pistas como DJ mundo afora!