Egito condena à prisão oito jovens após aparecerem em vídeo de casamento gay!

Um tribunal do Cairo condenou neste sábado (01/11), a três anos de prisão, oito jovens por aparecerem em um vídeo de um “casamento gay”, após a filmagem se tornar um viral na internet. Os oito rapazes eram processados por “incitação à libertinagem” e “publicação de imagens indecentes”, mas o tribunal só manteve a segunda acusação, condenados os oito à pena máxima no caso, informou à AFP a advogada de defesa Nesrin Nabil.

Um outro advogado de defesa, Imad Sobhi, acusou o tribunal de estar sob a influência da opinião pública e seu repúdio à homossexualidade. Ele disse que os clientes são “inocentes”. Ainda segundo a defesa, os oito egípcios foram obrigados a passar por polêmicos exames médicos para determinar se tiveram práticas homossexuais. Hesham Abdel Hamed, porta-voz do departamento médico legal do ministério da Justiça, negou que tais exames foram realizados.

“Nossos filhos foram condenados injustamente”, gritavam aos prantos os parentes dos jovens na saída do tribunal. “Não queremos que os meios de comunicação acompanhem o julgamento, não queremos um escândalo”, pediu um outro parente.

Confira o vídeo do casamento…

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!