No Dia Mundial de Luta contra a Aids, cidades oferecem testes rápidos de HIV!

Nesta segunda-feira, 1 de dezembro, é o dia mundial da luta contra a AIDS. De acordo com uma recente pesquisa realizada no meio deste ano pelo Programa Conjunto das Nações Unidas HIV/Aids (Unaids), a taxa de novas infecções pelo vírus da Aids teve aceleração de 11% entre 2005 e 2013 no Brasil. Aqui no Brasil, 150 mil pessoas não sabem que estão com a doença.

Cidades como Rio de Janeiro e São Paulo oferecem testes rápidos capazes de identificar na hora se a pessoa está infectada com alguma doença sexualmente transmissível ou não. No Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a CEDS, realiza a Campanha “Teste, trate, viva melhor”. Em sua quarta edição, a iniciativa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da testagem e prevenção contra o HIV/AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis. A expectativa é realizar 153 mil testes de HIV e sífilis, durante toda a semana. Além dos exames, o cidadão receberá aconselhamento e informações sobre as formas de transmissão e prevenção. Preservativos e sachês de gel lubrificante serão distribuídos.

Todos aqueles que desejarem realizar os testes, podem procurar as unidades de saúde de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, e no sábado, das 8 às 12 horas. Os interessados devem apresentar apenas documento de identidade com foto e o CPF. Em São Paulo, as ações ocorrem em São Carlos, Araraquara, Araras e Leme até sábado (06/12).

Dia Mundial

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi uma decisão da Assembléia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). A data (1º de dezembro) serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/Aids. A escolha seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada, a partir de 1988, por uma portaria assinada pelo Ministro da Saúde.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!