Transa fatal! Homem morre de ereção prolongada enquanto fazia sexo com amante

Um homem de 30 anos morreu em um quarto de hotel nigeriano ‘de estresse por ereção prolongada’ após ter tomado uma droga do sexo para se relacionar com a amante. Ele era casado e pai de três filhos.

Segundo o Daily Mail, o homem se chamava Samson e foi encontrado morto no quarto de um hotel no estado de Delta. Exames após a morte apontam que ele havia utilizado uma droga sem receita chamada Manpower, que supostamente tem efeitos semelhantes ao Viagra. A situação traz perigos e ele acabou sendo vítima de um deles, já que uma fonte afirmou que a causa da morte foi o “estresse por ereção prolongada”.

O homem morreu como resultado do “estresse da dureza consistente” de acordo com uma fonte ao site Punch. “Depois de ter relações sexuais por um longo tempo, ele não conseguia ejacular e deve ter morrido por causa disso. Ele foi dominado pela droga, era a primeira vez que a tomava”, disse. A prescrição médica é necessária para a utilização de tais remédios.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!