Escola australiana tira definições de gênero dos uniformes

É comum que escolas tenham uniformes diferentes para meninos e meninas. Mas na International Grammar School, em Sidney, na Austrália, a realidade é outra. Desde que perceberem que alguns alunos do sexo masculino começaram a usar uniformes de meninas, e vice-versa, a escola resolveu abolir o gênero na vestimenta.

“Nós não podíamos manter o padrão heteronormativo no nosso uniforme”, disse Shauna Colnan, diretora da escola. Alunos que não se identificavam com nenhum gênero, passaram a questionar as regras de uniforme da instituição, fazendo com que os educadores cobrassem a administração uma nova conduta sobre uniformes.

“Estamos deixando as crianças serem quem elas querem ser”, continuou Shauna. “Concordamos que seria melhor equipar os estudantes para o mundo… dar força às suas escolhas e permitir que eles sejam o que quiserem sem restrições”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!