Dois homens são punidos com chibatadas por sexo gay na Indonésia

Dois homens, um com 20 e outro com 23 anos, foram punidos com chibatadas nesta terça-feira (23/05), no pátio de uma mesquita em Banda Aceh, capital da província de Aceh, no Norte da Indonésia. Cada um recebeu 82 golpes. O crime: eles foram considerados culpados pela corte islâmica por fazerem sexo gay.

Imagens divulgadas por agências de notícias mostraram uma pequena multidão no pátio da mesquita, insultando os dois jovens condenados. A punição, condenada por grupos ativistas de direitos humanos e LGBT, marca a primeira aplicação da lei contra os homossexuais introduzida na província em 2014.

Os dois homens receberam a punição em silêncio, com a cabeça abaixada, enquanto a plateia vibrava. Muitos registraram as chibatadas com smartphones. Cartazes carregados pelo público rejeitavam a presença de homossexuais na comunidade. “Eu espero que não haja mais casos de homossexualidade, é chocante”, disse um estudante que acompanhava a punição.

A província de Aceh é considerada a mais conservadora da Indonésia, o país com maior população muçulmana do mundo. Apenas nesta região do país é permitida a aplicação da charia, a Lei Islâmica. De acordo com a Reuters, ao menos oito pessoas, entre homens e mulheres, também foram punidos com chibatadas por outros motivos, antes dos dois jovens.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!