Travestis e transexuais podem solicitar o uso do nome social no Enem a partir desta segunda

Travestis, transexuais e qualquer outro candidato que fará o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e deseja ser atendido pelo nome social deve fazer a solicitação pelo site a partir das 10h desta segunda-feira (29/05). O prazo vai até as 23h59 do dia 4 de junho. Já o prazo de inscrição para o ENEM terminou no dia 19.

Segundo o edital, o participante deve encaminhar documentos que comprovem a condição que motiva a solicitação de atendimento pelo nome social como fotografia atual e cópia de documento de identificação. Os candidatos que tiverem o pedido negado serão avisados por e-mail e terão três dias para o envio de um novo documento comprobatório. Caso o documento enviado não seja aceito, o participante fará o exame conforme nome civil.

O número de travestis e transexuais que usam o nome social no Enem cresce ano após ano. No ano passado, foi quatro vezes maior do que em 2014, primeiro ano da entrada em vigor da medida. Em 2014, 102 pessoas trans usaram o nome social durante a aplicação da prova, em 2015 esse número passou para 278 e, em 2016, 407.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!