Ricky Martin fará cena de sexo gay em série sobre Gianni Versace

Ricky Martin está no elenco da série American Crime Story, que contará a história do assassinato do estilista Gianni Versace. Na produção, ele interpreta o marido de Versace, Antonio D’Amico, e protagoniza a primeira cena de sexo gay da sua carreira.

“Pensei que fosse ficar mais desconfortável”, afirmou em entrevista à revista Entertainment weekly. “O exibicionismo tomou conta por um momento e de repente eu estava nu na frente de 20 pessoas da equipe e de outro ator que eu conheci no mesmo dia. Não estava nervoso, era um trabalho que precisava ser feito”, acrescentou.

Ricky afirmou que ficou “honrado” com o convite do produtor Ryan Murphy pela importância da produção. “Essa história precisa ser contada. Nós levaremos a todos uma história que envolve homofobia, que fala sobre ódio, sobre indiferença. É tão bruto, honesto, dramático e triste. Ao mesmo tempo, você mostra o amor entre Gianni e Antonio em 15 anos de luta e dor. É algo que realmente quero que faça barulho”.

“Há uma cena em que Gianni está fraco e quase caindo na praia e eu o toco e me diz ‘Não me toque! Paparazzi!’. Você não entende, isso me levou há oito anos, quando eu ainda estava no armário e isso me tocou”, revelou Ricky, que assumiu ser gay em 2010.

Em The assassination of Gianni Versace: American crime story, Ricky contracena com o ator Edgar Ramirez. O serial killer Andrew Cunanan, que assassinou Gianni em 1997, será vivido por Darren Criss, o Blaine de Glee. O elenco ainda conta com Penélope Cruz, que interpreta Donatella Versace, irmã da vítima.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!