Governo da Malásia oferece US$ 1 mil para quem souber como “evitar” homossexualidade

O governo da Malásia criou um concurso de vídeos sobre “práticas de vida saudável” que oferece até US$ 1 mil para quem explicar como “evitar” a homossexualidade, de acordo com o site do Ministério da Saúde.

“Os vídeos têm que prevenir a homossexualidade, controlá-la e oferecer ajuda”, além de explicar os “problemas e consequências” do que o concurso chama de “confusão de gêneros”. Ativistas condenaram a iniciativa, em um país de maioria muçulmana, mas conhecido por sua moderação e tolerância. A homossexualidade é oficialmente proibida na Malásia e pode ser punida com pena de prisão, multas e até castigos corporais.

Os vencedores do concurso receberão entre 1.000 e 4.000 ringgit (US$ 235 a 940). O prazo vai até o fim de agosto, segundo o site do ministério. “Cada trabalho será julgado em função de sua originalidade, conteúdo, criatividade e qualidade de produção por um painel de juízes nomeados pelos organizadores”, segundo o ministério.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!