RJ: DJ se recusa a tocar “Decote” por evento ser “hétero demais”

Músicas de ídolos LGBT podem tocar em festas heterossexuais?! De acordo com a coluna “Gente Boa” do Jornal O Globo, o DJ da champanheria Ovelha Negra, em Botafogo, acredita que não. No último sábado, ao receber um pedido de uma frequentadora para tocar a parceria entre Preta Gil e Pabllo Vittar, o profissional teria negado, sob a justificativa de que o ambiente é “hétero demais para este tipo de música”. O que vocês acham: close errado ou ele está certo de tentar agradar o público-alvo?!

Assista ao clipe de ‘Decote’, de Preta Gil e Pabllo Vittar…

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!