Após declarações LGBTofóbicas, Mara Maravilha se posiciona contra “cura gay”

Conhecida por suas declarações homofóbicas, Mara Maravilha usou as redes sociais para se posicionar contra à liminar da Justiça Federal que abriu precedente para a “cura gay”. Pelo Instagram, Mara publicou uma foto dando um selinho em Mama Bruschetta em forma de protesto.

“Eu sou a Mara Maravilha e o remédio pra cura gay é o amor, né, Mamma? Amo vocês, meus amores”, escreveu ela. Os seguidores de Mara se dividiram nos comentários. “Não há cura, pois não há doença”, criticou um. “Arrasou, minha maravilha”, elogiou outro. “Amor é, sem dúvida, tudo na vida ! Mas, não se cura o que não é doença”, avisou outro.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!