“Eu não seria uma modelo se não fosse pelos gays”, diz Naomi Campbell

Ícone da moda, a modelo Naomi Campbell foi convidada da revista Vogue inglesa para bater um papo pra lá de descontraído Sadiq Khan, prefeito de Londres. Dentre um dos destaques da conversa foi a comunidade LGBT.

“É um pouco vergonhoso que eu seja o primeiro prefeito a caminhar uma parada gay completa, como fiz ano passado”, desabafa Sadiq. A modelo concorda e afirma que se não fossem os gays ela nunca teria se tornado modelo. “Eu não seria uma modelo se não fosse pelos gays. Eu não existiria”, conta.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!