Queen from Rio em NYC, Pietra Parker expõe opinião sobre erros e acertos de “Drag Race Brasil”

Voltamos a conversar com Pietra Parker no estúdio do Pheeno! A drag queen é carioca, mas radicada nos Estados Unidos há mais de 10 anos, e o mais curioso: ela não começou a fazer drag no Brasil, e sim em Nova Iorque! Representante brasileira na cidade que nunca dorme, Pietra fez seu nome e NY e hoje está inserida na principal cena drag de Manhattan. Seu envolvimento com a arte drag queen, no entanto, começou bem antes das montações. Fã assídua de “RuPaul’s Drag Race”, a carioca estourou nas redes sociais como entusiasta do reality show com suas transmissões ao vivo e comentadas da produção. Sua admiração pelo reality é tanta que a queen já se inscreveu três vezes na produção. O convite ainda não chegou, mas ela prometer continuar encaminhando seus vídeos de inscrição, seja na americana ou na franquia apresentada por Grag Queen. Sem papas na língua e pronta para hablar, Pietra também não deixou de expor os erros e acertos de “Drag Race Brasil”. O principal erro apontado pela queen é a falta de uma produção brasileira por trás do franquia nacional.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!