Por ciúmes, homem mata namorado em point de pegação gay em Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu no início da tarde desta terça-feira (02/01) um homem de 42 anos suspeito de ter matado um funcionário da Latam Linhas Aéreas, no Parque da Cidade, famoso parque entre o público gay de Brasília.

Segundo as investigações, a vítima e o detido trabalhavam no mesmo local e tinham um relacionamento amoroso há dois anos e seis meses. O fim do namoro é considerado uma das possíveis motivações. A prisão aconteceu no Condomínio RK, em Sobradinho, — local onde o suspeito mora.

Identificado como Frederico Bruno da Silva, o homem nega o crime. Segundo o delegado-adjunto da 1ª Delegacia de Polícia, João Ataliba Neto, o casal costumava ir ao parque para se relacionar com outras pessoas. “Durante os depoimentos, o suspeito omitiu alguns fatos e chegou a mentir. Trabalhamos com a suspeita de ele ter agido por ciúmes”, disse Neto.

De acordo com a polícia, a prisão temporária do suspeito foi decretada pelo Tribunal do Júri de Brasília, e ele deverá ficar na carceragem do Departamento de Polícia Especializada por 30 dias. O crime foi enquadrado como homicídio qualificado por motivo fútil e, por isso, o tempo de detenção será de um mês.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!