Preocupante: 39% dos russos acham que estrangeiros LGBTs serão atacados na Copa do Mundo

Encomendado pela Bonus Code Bets, um novo estudo mostrou o que muita gente já desconfiava: turistas LGBTs podem sofre algum tipo de ataque durante a Copa do Mundo na Rússia, que começa em junho. Dados mostram que 39% dos russos disseram que é provável que algum cidadão da Rússia ataque pessoas LGBT estrangeiras.

Os dados preocupam ainda mais quando revelado a faixa etária dos agressores. Segundo a pesquisa, a maior porcentagem de pessoas que achavam que um ataque era “altamente provável” era de 16 a 24 anos de idade. Preocupante! Na cidade sede de Rostov, 47% da população acha que acontecerá ataques contra gays.

Vale ressaltar que o Brasil vai jogar contra a Suíça nessa mesma cidade. Crimes de ódio contra pessoas LGBT duplicaram desde que a Rússia criou uma lei que proíbe a “propaganda” gay no país.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!