Mulher trans faz relato emocionante sobre ser acolhida pelo padrasto e avó

Karen Maria Reis, uma mulher trans natural de Colatina, no Espírito Santo, fez uma postagem emocionante em seu Facebook homenageando seu padrasto, Seu Reinaldo, um senhor de 73 anos que, apesar do pouco conhecimento que tem em relação às questões de gênero e sexualidade, sempre a respeitou, demonstrou carinho, amor e jamais questionou ou teve vergonha de sua filha, coisa que infelizmente acontece muito por falta de informação e outras questões.

Na publicação, ela também falou sobre sua avó Lourdes, que a recebeu de braços abertos e nunca questionou a transição de gênero da neta. A jovem enfatizou a naturalidade com que seu padrasto Reinaldo e sua avó se referem a ela por pronomes femininos e sobre como ela pôde perceber que uma pessoa que realmente ama a outra a aceita como ela é verdadeiramente.

Em um trecho, Karen escreveu: “Tá vendo esse senhor atrás de mim? É o tio Reinaldo, meu padrasto. Não tem um laço de sangue comigo, mas cuidou de mim durante 10 anos de minha vida. É um senhor fechado, bruto, o famoso velho ranzinza. Mas pergunta se ele AO MENOS gaguejou pra me chamar no feminino ou de Karen? NENHUMA VEZ”.

Confira a publicação completa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!