Após reclamações, noiva sai em defesa de amigo gay que pegou buquê de casamento

Sem sombra de dúvidas, o momento onde a noiva joga o buquê de flores para os convidados é um dos momentos mais aguardados do casamento, não é mesmo?! Mulheres ficam atrás da noiva competindo para ver quem consegue agarrar o buquê e como manda a tradição, aquela que pegá-lo será a próxima a casar.

No entanto, uma cena inusitada aconteceu durante a cerimônia da assistente social Daiane Benevides, no último dia 14 de abril, em Cuiabá. Um de seus amigos, universitário e gay assumido, Heryck Guimarães, de 25 anos, acabou pegando o buquê. “Por eu ser mais alto e pelo fato de algumas mulheres reclamarem disso, eu apenas pulei para o alto quando ela jogou. Não pulei em cima de ninguém”, disse o jovem ao portal RD News.

Enquanto alguns convidados levaram o fato na esportiva, outros não gostaram muito e acabaram criando uma confusão no casamento. Diante da repercussão, Daiane se pronunciou dizendo que todos estavam aptos a pegar o buquê em seu casamento. “O defendi sim. Falei que não havia diferença entre homem ou mulher. Disse ali que todos somos humanos sem espaço pra machismo ou homofobia, e que caso alguém se incomodasse com isso no meu casamento, poderia se retirar”, disse ela.

“Achei lindo o gesto dela e correto”, disse Heryck, que está solteiro e não pensa em casar tão cedo. “Eu não estou muito esperançoso de que vou casar um dia, não. A previsão, ao menos para este ano, é que isso não aconteça, porque estou solteiro e nem sei se essa situação ainda vai mudar”, revelou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!