Homem é preso por ameaçar atirar em travestis; motivo seria transfobia

A Polícia Civil de Araguaína, no Tocantins, prendeu Adiel Sousa de Oliveira, de 37 anos, por ameaçar atirar em travestis que trabalhavam em um ponto de prostituição da cidade. O homem teria ido com uma arma até o local conhecido como entroncamento na noite deste sábado (20/05). A motivação das ameaças, de acordo com a polícia, foi transfobia.

Uma das travestis conseguiu se afastar sem ser percebida e chamou a polícia. Oliveira já tinha deixado o local quando a viatura chegou, mas ameaçou voltar mais tarde. As vítimas deram as características do carro do suspeito que foi encontrado minutos depois. Dentro do veículo foi encontrada uma arma calibre 38 e cinco munições. Além das ameaças, Adiel Sousa vai responder por porte ilegal de arma de fogo, já que o revólver não tinha a documentação necessária.

O suspeito prestou depoimento na central de flagrantes e foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína. O homem ainda aguarda a audiência de custódia para saber se poderá responder pelos crimes em liberdade.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!