Motorista de aplicativo expulsa casal gay de carro após eles se beijarem

O que era para ser uma simples corrida pelo aplicativo Lyft, terminou em um caso de homofobia envolvendo o casal de americanos Ben Martella e Alec Jansen. O motorista responsável pela corrida decidiu expulsar Ben e Alec do carro após o casal dar um selinho enquanto estavam no banco traseiro.

Ao perceber o beijo dos dois, o motorista teria gritado: “Vou acabar com seu passeio! Não aceito isso no meu carro”. O casal, então, precisou descer do carro e ainda foi obrigado a pagar a corrida para o motorista. “Fui discriminado pelo motorista que me tocou do carro porque eu beijei outro homem. Ele nos expulsou e ainda tive que pagar a corrida! Desapontado e me sentindo injustiçado”, compartilhou Ben pelo Twitter, marcando o perfil do aplicativo na rede social.

Em resposta, a empresa Lyft lamentou o ocorrido e pediu pra que o jovem entrasse em contato com a central para apurar o caso. Segundo eles, o motorista já foi descadastrado do aplicativo e o dinheiro da corrida também foi reembolsado ao casal pela empresa que afirmou à imprensa ter uma postura rígida anti-discriminação de seus clientes.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!