Gaby Amarantos reprova declarações de Silvio Santos: “Racismo, gordofobia e homofobia”

Após Silvio Santos usar o termo “bicha” para se referir a Pabllo Vittar, Gominho e David Brasil, e horas depois de Preta Gil revelar ter ficado chateada com comentários do apresentador acerca de seu peso, a cantora Gaby Amarantos se pronunciou nas redes sociais.

“Sério que vcs acham Silvio Santos ídolo? O cara fez a gente crescer vendo-o ridicularizar negros/mulheres/gays/plus e ganhar mídia com isso. Vocês estão mal de ícone, viu? Não dá mais pra normalizar isso!”, disse a cantora. “Sim, eu corria com um prato de macarrão para assistir ao SS, e sempre vi transformistas e amava. Só que os tempos mudaram, nos anos 80 era ‘normal’ fazer essas piadas, Os Trapalhões também faziam, Casseta & Planeta e outros. Mas hoje em dia não dá para achar legal, vamos evoluir!”, escreveu.

Logo em seguida, a cantora explicou aos fãs que “racismo não é opinião, gordofobia não é opinião, homofobia não é opinião e machismo não é opinião”. Aproveitou para fazer um pedido aos apresentadores atuais: “Comunicadores, humoristas e todo qualquer ser humano não podem usar desse artifício pra destilar preconceito! Aprendam”, pontuou a cantora.
Diante das críticas, os internautas expuseram elogios de Gaby a Silvio Santos no passado. Ela, portanto, esclareceu mais uma vez: “Os tempos mudaram. Nos anos 80, era ‘normal’ fazer essas piadas. Trapalhões faziam, Casseta e Planeta e outros. Mas hoje em dia não dá pra achar legal, vamos evoluir”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!