Dandara dos Santos, travesti morta no Brasil, ganha escultura exposta em Nova York

Assassinada em fevereiro de 2017, durante um espancamento coletivo realizado por vários homens no bairro de Bom Jardim, em Fortaleza (CE), a travesti Dandara dos Santos ganhou uma escultura para honrar sua memória, em Manhattan, famoso de Nova York, nos EUA.

Feita pelo artista brasileiro Rubem Robierb e batizada de “Dandara”, a escultura de fibra de vidro lembra um par de asas de borboleta e ficará exposta até 4 de maio de 2020. “Em homenagem à força e bravura da comunidade trans e GNC, ‘Dandara’ traz uma mensagem e um significado importante”, explicou o artista em entrevista à ABC. A obra faz parte de sua série “Dream Machine”, em homenagem àqueles que “viveram ou morreram lutando por seus sonhos ou pelo sonho de outros”.

A drag queen Peppermint, de “RuPaul’s Drag Race”, e o âncora de meteorologia Sam Champion, da ABC News, foram alguns dos presentes na inauguração da escultura.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!