Conquista! Delegacias de Defesa da Mulher passam a atender transexuais em São Paulo

Foto: Agência Brasil

As Delegacias de Polícia de Defesa da Mulher (DDMs) do estado de São Paulo passou a atender transexuais e travestis a partir desta quinta-feira (13/08).

De acordo com alteração do decreto de nº 29.981, de 1° de junho de 1989, a partir desta quinta, as delegacias devem investigar crimes praticados “contra pessoas com identidade de gênero feminino e contra crianças e adolescentes”. Com isso, mulheres trans poderão ser atendidas nessas delegacias em casos de violência doméstica, familiar ou crimes contra a dignidade.

Segundo a coordenadora das DDMs em São Paulo, delegada Jamila Ferrari, a reformulação do decreto traz mais segurança e garantias a este público no momento de registrar o boletim de ocorrência. “A intenção foi deixar claro que nós, como Instituição, não atendemos essas vítimas conforme o sexo biológico, mas sim pela maneira como elas se enxergam. É desta forma que trabalham as DDMs”, explicou Jamila.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!