No ano em que completaria 75 anos, Marsha P. Johnson é homenageada com parque em Nova York

O East River State Park, no Brooklyn, em Nova York, foi renomeado em homenagem a Marsha P. Johnson, tornando-se o primeiro parque dos Estados Unidos a homenagear uma pessoa LGBTQ+. O anúncio foi feito ontem pelo governador Andrew Cuomo na última segunda (24/08), data em que Johnson completaria 75 anos.

“Muitas vezes, vozes marginalizadas que impulsionaram o progresso em Nova York e em todo o país passam despercebidas, constituindo apenas uma fração de nossos memoriais e monumentos públicos”, disse Cuomo em um comunicado. “Marsha P. Johnson foi uma das primeiras líderes do movimento LGBTQ e só agora está recebendo o reconhecimento que merece. Dedicar este parque estadual para ela e exibir arte pública contando sua história garantirá que sua memória e seu trabalho de luta pela igualdade vivam”, afirmou.

Marsha foi figura importante na revolta de Stonewall, em 1969, considerado o pontapé inicial da luta pelos direitos LGBTQ + nos Estados Unidos e em todo o mundo. A transexual foi encontrada morta em 1992, aos 46 anos, no rio Hudson. Até hoje o seu caso permanece sem solução.

Confira algumas ilustrações do projeto

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!