Passado! Brasileiro revela caso de amor que teve com serial killer conhecido como “o assassino do Grindr”

Palco dos relatos mais bizarros, o programa do GNT “Que História É Essa Porchat”, apresentado por Fábio Porchat, trouxe mais um caso chocante e assustador nesta semana. Na ocasião, um dos convidados da atração, o jovem Rafael Alves, revelou que namorou o temido serial killer de gays, Stephen Port.

“Acabei conhecendo o cara num site de relacionamento, a gente começou a sair, aconteceram algumas coisas em paralelo e eu fui morar com esse cara. Morei com ele durante um mês, mais ou menos. Foi tranquilo”, recordou Rafael, que não imaginava que mais tarde o ex-namorado ficaria conhecido no Reino Unido como “o assassino do Grindr”, já que ele escolhia suas vítimas através do aplicativo de relacionamento gay.

“No começo, não acreditei muito. A foto que aparecia, ele estava muito mais velho, imaginei que era apenas alguém com o mesmo nome. Mas as reportagens mostravam a casa dele, a vizinhança, foi quando tomei o susto e percebi que era ele. Nesse dia, não consegui trabalhar, fiquei angustiado, fiquei bem chocado”, resumiu.

Hoje, Port cumpre prisão perpétua em Thamesmead, no sul da Inglaterra, acusado de quatro assassinatos de jovens com quem se relacionava. Ele dopava suas vítimas para ter relações sexuais e eventualmente induzia à overdose.

Confira o relato completo

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!