Paris Jackson fala sobre sua sexualidade e diz que Michael a entenderia: “Meu pai me criou com a mente aberta”

Foto: Instagram/Paris Jackson

Transmitida pelo Facebook Watch, a série de vídeos do documentário “Unfiltered: Paris Jackson e Gabriel Glen”, estrelada por Paris Jackson, filha do astro do pop Michael Jackson, está dando o que falar. Em um dos episódios mais recentes, Paris se abriu sobre sua sexualidade e afirmou que jamais pensou que terminaria vivendo um relacionamento sério com um homem.

Segundo a cantora, atriz e modelo norte-americana, ela sempre contou com o apoio do seu pai, que ela define como “uma pessoa evoluída”. “Meu pai me criou com a mente muito aberta”, contou. “Eu tinha oito anos, estava apaixonada por uma mulher de uma capa de revista. Em vez de gritar comigo, como a maioria dos pais homofóbicos, ele simplesmente dizia pra mim, tipo, ‘Oh, você arranjou uma namorada’”, lembra Paris.

Em recente entrevista à revista People, Paris falou também sobre sexualidade e identidade de gênero: “Não tem nada a ver com o que está em suas calças. Não tem nada a ver com a composição do seu cromossomo X ou Y, é literalmente apenas, é sobre como você é como pessoa. Eu não me consideraria apenas bissexual porque namorei mais do que apenas homens e mulheres”, contou.

Após a morte do pai, Paris passou a ser criada por sua avó testemunha de Jeová, Katherine Jackson, o que a fez adiar a conversa durante um tempo. “A homossexualidade em geral é muito tabu na comunidade negra, então, além do aspecto religioso, era algo que eu sentia que precisava reter por um tempo”, revelou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!