Absurdo! Casal de lésbicas é agredido em praia do Espírito Santo após abraço: “As pessoas ficaram horrorizadas”

Um casal de lésbicas acusam um homem de ter agredido as duas na praia de Guriri, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, no último sábado (19/09). Segundo Emily Amorim e Gabriele Moreira, que são noivas, o casal estava posando para uma foto quando ocorreram as agressões. 

Estávamos sentadas, conversando com mais duas amigas nossas. Depois, chegou uma família e sentou de frente pra gente. Enquanto estávamos sentadas, percebemos que um integrante da família estava olhando demais para gente“, contou Emiy ao G1. “Nos abraçamos para tirar uma foto. Eu senti um impacto nas costas. A Gabriele caiu, eu fui tentar segurar ela, machuquei minha unha. Ficamos sem entender, perguntamos o que estava acontecendo. Ele começou a gritar que tinha que respeitar o filho, respeitar a família dele. Ele me empurrou com a mão na minha cara, para trás“, lembrou a estudante.

Segundo Emily, o agressor já é figura conhecida local por conta da sua ideologia conservadora. “Eu conheço ele da cidade, é conhecido como conservador. Acredito que ele tenha se sentido ofendido, por qual motivo não sei, e se sentiu no direito de agredir a gente“, disse. “A gente sempre escuta piadinha quando a gente passa na rua, tem os olhares, mas ninguém nunca agrediu a gente. Foi na frente de todo mundo na praia. As pessoas ficaram horrorizadas, eu estou horrorizada até agora, é muito constrangedor“, declarou Gabriele.

O casal registrou boletim de ocorrência. A Polícia Civil disse que o caso está sendo apurado pela Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras de São Mateus. Até agora, nenhum suspeito foi detido.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!