Duda Salabert, primeira vereadora trans eleita e a mais votada de BH, é ameaçada de morte

Professora e vereadora mais votada da história de Belo Horizonte (MG), Duda Salabert foi ameaçada de morte e está sendo vítima de transfobia. A parlamentar recebeu um e-mail assinado por um grupo neonazista, chamando a vereadora de “pedreiro de peruca” e “aberração“. Houve, ainda, ameaça de invasão no colégio onde ela trabalha.

Estou sofrendo ameaças de morte. Sim, desde que ganhei a eleição venho recebendo mensagens não apenas de ódio, mas também de ameaças”, publicou nas redes sociais. “O email aparece assinado com o nome de ‘Ricardo Wagner Arouxa’. Procurei no Google e vi que é essa a assinatura de um grupo neonazista que atua no país. Hoje irei à delegacia fazer a denúncia para que a investigação chegue aos criminosos. Não vão silenciar minha luta por justiça social. Não vão me intimidar. Serão todos presos“.

A imagem que acompanha a publicação é uma reprodução do email recebido por Duda. No texto, o autor chama vereadora eleita de “aberração” e “pedreiro de peruca”. “Enquanto você ganha um salário de vereador apenas por ser um pedreiro de peruca, eu estou desempregado, minha esposa está com câncer de mama e vivendo de auxílio emergencial. Eu juro, mas eu juro que vou comprar duaspistola [sic] 9mm no Morro do Engenho aqui no Rio de Janeiro”, diz um trecho do email.

Em seguida, o autor afirma que vai invadir uma sala de aula da escola onde ela é professora há 12 anos. “Eu já consigo escutar os gritos de terror das vadias dentro da minha cabeça e chego até a ejacular espontaneamente. Fica o aviso. E não adianta ir na polícia ou denunciar na mídia“, termina o email.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!