Fisiculturista pansexual se casa com boneca sexual após conhecê-la em boate

Um fisiculturista e defensor dos direitos LGBTQ+ no Cazaquistão ganhou as manchetes após se casar com uma boneca sexual de silicone. Yuri Tolochko, que é pansexual, diz que estava “namorando” a boneca, chamada Margo, por oito meses antes de pedir em casamento.

Após o casamento ter sido adiado duas vezes, uma devido à pandemia e outra por causa de um ataque que o fisiculturista sofreu em um protesto pelos direitos trans, na semana passada Tolochko compartilhou fotos do evento no Instagram com seus mais 75 mil seguidores. De acordo com o site do tabloide britânico The Sun, o fisiculturista conheceu a amada de plástico em uma boate, onde ele a “resgatou de alguma intenção indesejada”. Tolochko postou muitas imagens e histórias de sua vida com Margo nos últimos 18 meses. Ele também disse anteriormente que levou a amada para ver cirurgiões plásticos, quando ela expressou insatisfação com sua aparência.

No Cazaquistão, a atividade sexual entre pessoas do mesmo sexo é legal, mas as relações entre pessoas do mesmo sexo não têm reconhecimento legal, gays não podem adotar e não existem proteções antidiscriminação para proteger as pessoas LGBTQ+. Se o romance do casal é uma manobra para aumentar a conscientização sobre relacionamentos alternativos, uma tentativa de reunir mais seguidores nas redes sociais ou um romance verdadeiro – embora não convencional – isso permanece desconhecido.

Confira cliques

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por OddJack / Юрий Толочко (@yurii_tolochko)

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!