Pai é preso após contratar assassino para agredir filho gay: “Meu filho é um bandido, quebre os dedos dele”

Um homem italiano, que não teve a identidade revelada, foi condenado a dois anos de prisão depois de contratar um assassino para quebrar os dedos de seu filho, de 43 anos. O motivo, segundo o portal local Newsweek, seria a sexualidade do filho, que é gay assumido.

De acordo com a policia, o pai teria pago €2,500 (aproximadamente R$ 15.520) em abril para o homem quebrar os dedos do filho, além de danificar o carro do casal. “Meu filho é um bandido, quebre os dedos dele“, teria dito o pai ao agressor contratado. Mas o ataque fracassou quando o assassino decidiu contar à vítima, que é um cirurgião. Ainda de acordo com a mídia italiana, o réu aposentado também foi acusado de agredir sua esposa, de quem se separou após mais de 40 anos de casamento.

Há também uma denúncia de que em fevereiro, o pai também contratou alguns homens para agredir o namorado do filho, que precisou ser hospitalizado após o ataque. O promotor do caso disse que tanto o filho quanto a mãe desenvolveram “um medo profundo por sua segurança e das pessoas a eles ligadas, obrigando os dois a mudarem os hábitos“. Que absurdo, né gente?! Que aprenda a lição atrás das grades!

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!