Surgem mais detalhes no caso de legislador homofóbico pego fugindo de orgia gay, incluindo fotos e vídeo

Mais detalhes surgiram na história bizarra envolvendo aquele legislador anti-LGBTQ+ da Hungria que foi preso tentando escapar de uma orgia gay em Bruxelas, na Bélgica, na última sexta-feira (27/11).

József Szájer, de 59 anos, é um deputado super conservador do Parlamento Europeu. Ou melhor, ele era até o início desta semana, quando renunciou após ser pego, literalmente, com as calças abaixadas em uma sala cheia de homens nus. David Manzheley foi a pessoa que organizou a orgia. Em declarações ao tablóide húngaro Blikk e ao noticiário local Het Laatste Nieuws, ele disse que convidou apenas 10 caras para a festa e que todos fizeram um teste rápido de COVID-19 na porta. Agora, como a orgia foi de 10 para 25 convidados, Manzheley diz que não faz ideia de como isso aconteceu. Ele também não sabe ao certo como Szajer, que é casado com uma mulher e tem uma filha adulta, ouviu falar sobre a festinha particular.

Sempre convido alguns amigos para as minhas festas, que por sua vez trazem alguns amigos, e depois nos divertimos juntos”, explicou Manzheley. Fotos e vídeos obtidos por Blikk mostram a sala onde aconteceu a orgia decorada com teias de aranha pretas, caveiras com olhos brilhantes, tridentes demoníacos e outros itens de Halloween. O apartamento, localizado acima de um bar, era mobiliado com sofás estofados e colchões espalhados pelo chão. Manzheley afirma que não conhecia Szajer até o momento da festa, que teria acontecido sem problemas se os vizinhos não tivessem chamado a polícia para reclamar do barulho.

A polícia arrombou a porta sem bater”, diz ele. Foi então que Szajer, que portavam alguns comprimidos de ecstasy, tentou escapar pulando por uma janela e escorregando por um cano antes de ser parado pela polícia, que mais tarde descobriu sua identidade e status diplomático. Em comunicado divulgado nesta semana, Szajer pediu “desculpas à minha família, aos meus colegas e aos meus eleitores”.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!