Tiktoker expulso de casa por se assumir descobre passado gay do pai homofóbico e expõe tudo em vídeo

TikTok é uma rede social cheia de momentos engraçados, vídeos chocantes e postagens virais icônicas. Um desses momentos, inclusive, já possui mais de 10 milhões de visualizações e os números não param de crescer. Tudo isso porque no vídeo de 60 segundos, o tiktoker gay @zephryn expõe detalhes de como ele descobriu que o pai homofóbico possui uma vida gay secreta.

Na gravação, o jovem explica que tanto ele quanto sua irmã mais velha, que é bissexual, foram expulsos de casa pelo pai quando os dois decidiram sair do armário para a família. No entanto, depois que o pai homofóbico de Zephryn doou um velho laptop para um parente, os filhos expulsos descobriram que ele não apenas tinha uma vida secreta como garoto de programa gay, como também guardava fotografias de uma orgia que ele havia participado. Meu Deus! Parece até caso do Casos de Família!

Presumindo que essa história seja verdadeira, e vamos arriscar e acreditar que sim, o vídeo do tiktoker expondo o preconceito do pai enquanto canta “Bad Romance” da Lady Gaga, acabou viralizando na rede social e sendo compartilhado por muitos usuários.

Confira

Confira a tradução

“Minha irmã aos 16 anos se assumiu como bi e foi expulsa pelo meu pai homofóbico.

Eu nasci e 16 anos depois e fui criado pelo meu pai para ser tudo, menos gay.

Eu saí do armário aos 15 anos e fui expulso por um pai homofóbico e cheguei a dormir na rua por 2 dias porque meus pais eram divorciados e não havia como contar para minha mãe.

Meu pai começou um novo emprego e deu seu antigo laptop para meu sobrinho, mas deixando seu craigslist e e-mail conectado, e foi aí que minhas irmãs investigaram.

Descobrimos meu pai se oferecendo para gays em páginas anteriores ao Craiglist e recebendo dinheiro por isso. Descobrimos anos de traição dele com homens.

Achamos até fotos de uma orgia gay com meu pai participando.

Minhas irmãs e eu colocamos todas as evidências em meias de Natal para toda a família na manhã de Natal de 2017.”

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!