Ator Flávio Bauraqui diz que nunca esteve dentro do armário: “Descobri minha sexualidade aos 13 anos”

O ator Flávio Bauraqui, que atualmente interpreta o personagem Barata na série “Arcanjo Renegado“, da Globoplay, virou notícia nas últimas semanas após tornar público seu relacionamento com o urbanista Helder Mendse. Em entrevista à colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo, Flávio abriu o coração e falou sobre sexualidade e representatividade negra.

“Nossa relação é natural. Acabou virando algo demais, mas a parte da representatividade eu acho importantíssima: como negro, como LGBT, acho relevante meninos e meninas perceberem que não há nada de errado em se identificarem com a classe”, destacou. “Quem nasce negro no Brasil já está acostumado a tomar pedrada. Então, me sinto bem em favorecer a militância nesse sentido. Mas eu não saí do armário. Nunca entrei“, explica o ator, que descobriu sua sexualidade aos 13 anos.

Descobri minha sexualidade aos 13 anos, minha mãe sempre soube. Já casei muitas vezes na vida: ao todo, foram nove. Por aí se pode perceber que nunca escondi nada. E isso não atrapalha a minha carreira. Até faço muito mais personagens héteros do que gays“, enfatizou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!