Gil relembra episódios de homofobia na escola em conversa com brothers: “Diziam que eu namorava com morto”

Após uma ação especial da Avon em comemoração ao Dia das Mulheres que agitou a segunda-feira (08/03) dos brothers do BBB 21, Gilberto aproveitou para comentar com Camilla de Lucas, Sarah e Projota sobre os momentos traumáticos que sofreram na escola.

Segundo informações do Observatório da TV, Gil contou que sofreu bullying por ser gay e evangélico. “Eu sofri muito bullying amiga por ser bicha e por ser da igreja, eles gritavam: ‘Ah você é dos mortos, dos mortos’ O povo da escola falou que eu ia pro cemitério, e trazia morto pra escola. O povo da escola dizia que eu namorava com morto“, desabafou o brother, que era missionário da igreja mórmon, mas acabou se afastando da religião quando assumiu a homossexualidade.

Comovida com a história do colega de confinamento, Camilla de Lucas também revelou que sofreu bullying na adolescência. “Eu sofri um bullying pesado. Teve uma vez que eu almocei sozinha. Eu dei várias voltas em volta da escola até achar um lugar pra comer. O pessoal me encontrou e jogou várias coisas em mim e puxavam meu cabelo“. A youtuber ainda disse que precisou passar no psicólogo devido a situação.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!