Tinder terá ferramenta para verificar e exibir antecedentes criminais de usuários do aplicativo

O Tinder vai disponibilizar nos Estados Unidos uma nova ferramenta para verificar antecedentes criminais e históricos de abusos dos usuários da plataforma. Conforme comunicado no site da Match Group, empresa que também é dona dos apps Meetic e OkCupid, a ferramenta vai poder ajudar a desmontar “um sistema de justiça falho que impacta mulheres e marginalizada comunidades“.

As informações serão fornecidas pela Garbo, uma rede de verificação de antecedentes fundada por mulheres, sem fins lucrativos. O serviço coleta registros públicos e relatórios de violência ou abuso, incluindo prisões, condenações, ordens de restrição, assédio e outros crimes violentos. A verificação de antecedentes dos pretendentes será paga, mas ainda não foi informado quanto será o valor. A Garbo adiante que os serviços “são de baixo custo”. “Por muito tempo, mulheres e grupos marginalizados em todos os cantos do mundo enfrentaram muitas barreiras de recursos e segurança“, disse Tracey Breeden, Chefe de Segurança e Defesa Social do Match Group.

Crimes relacionados a uso, porte ou venda de drogas não aparecerão nas consultas por conta de uma diretriz do Garbo que visa ter uma “postura ativa em relação à equidade”. Segundo eles, pessoas negras possuem mais acusações do que brancos quando se trata de entorpecentes. A empresa confirmou apenas os Estados Unidos como país a ser contemplado pela novidade ainda este ano. Os testes começarão nos próximos meses.

VEJA + NO PHEENO TV

https://www.youtube.com/watch?v=EZ_DyV2h0w8&feature=emb_title

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!