Minas Gerais registra primeiro nascimento de uma filha biológica de casal trans: “Vamos ter outro em breve”

Rodrigo Brayan, de 33 anos, é um homem trans que realizou o sonho de dar à luz uma menina nesta terça-feira (06/04), em Montes Claros, no norte de Minas Gerais. A companheira Ellen Carine, que também é trans, esteve ao lado o tempo todo e acompanhou cada contração do marido.

Ele estava com 39 semanas, e a previsão era para nascer no dia 12. Fomos pegos de surpresa quando chegamos no hospital e descobrimos que a bolsa tinha estourado. Foi preciso tomar medicamentos para induzir o parto, e as contrações começaram”, conta Ellen em conversa com o G1. A pequena Izabella Victória nasceu pesando 3.110 kg e com 50 centímetros. “Assim que o bebê nasce, é colocado para ter contato com o corpo humano e decidimos que o contato seria comigo, que sou a mãe. Ela foi direto para o Rodrigo até o cordão umbilical ser cortado, depois veio para os meus braços e ficou uma hora comigo. Tudo que estava acontecendo parecia um conto de mágica, a equipe do hospital foi incrível. Só saía lágrimas”, explica a mais nova mamãe.

Fiquei tranquilo durante o parto e deu tudo certo. Mantive a calma o tempo todo, só fechava o olho e pedia a Deus para passar logo. Poder segurar ela pela primeira vez foi um alívio, por ter dado tudo certo e ver que minha filha estava bem. Agora só pensamos em ir para casa, para conhecer o cantinho dela e dar muito carinho e atenção”, disse Rodrigo. Movido pelo sonho de ter filho, o casal resolveu engravidar, e o resultado positivo veio depois de seis meses de tentativa.

Ele engravidou de forma natural, nós dois paramos de tomar hormônios. Ele parou porque já tinha conseguido as características masculinas e eu parei para conseguir engravidar. No sétimo mês tentando, deu certo”, explica Ellen. Agora, eles já pensam em ter o segundo filho. “Sei que é difícil criar um filho, mas também sei o que é ser filha única, sempre me senti muito sozinha. Vamos ter outro em breve, ainda neste ano“.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!